Quem sou eu

Minha foto
advogado, sindicalista, locutor...

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Em uma noite de muita emoção foi realizada ontem, 21 de maio, uma sessão solene em homenagem ao centenário do Corpo de Bombeiros de Ribeirão Preto. Em comemoração ao centenário, o vereador André homenageou a Cabo PM Alexandra Bonademan Giordano. Alexandra foi a primeira mulher a integrar o Corpo de Bombeiros na cidade de Ribeirão Preto.



quarta-feira, 20 de maio de 2015

O vereador André participou na manhã desta terça-feria, 19 de maio, da reunião da Comissão Especial de Estudos que analisa o transporte de pessoas com deficiência através de vans adaptadas. O encontro ocorreu na TRANSERP e foram ouvidos o superintendente William Latuf e o diretor de transporte José Mauro, que apresentaram informações sobre a evolução do atendimento no transporte especial.


O vereador André Luiz esteve presente, junto a lideranças políticas e representantes da sociedade civil, em reunião com o secretário estadual dos transportes, realizada ontem, 19 de maio. Mais um importante passo para ampliação e internacionalização do Aeroporto Leite Lopes.



O vereador André esteve presente no lançamento da 15ª Feira do Livro de Ribeirão Preto. No evento foi anunciado a programação oficial da feira, que terá nomes como os escritores superpremiados Ignácio de Loyola Brandão, Pedro Bandeira, e Augusto Cury, os filósofos Mário Sérgio Cortella e Luiz Felipe Pondé, o roteirista e ator do Porta dos Fundos Gregório Duvivier e muitos outros intelectuais e artistas.

No ano em que completa 15 anos, a Feira Nacional do Livro homenageia o Brasil, o escritor Mário de Andrade, o autor Rubem Alves e a escritora infantojuvenil Ruth Rocha. O patrono é o empresário Chalim Savegnago e a feira começa no dia 14 de junho e vai até 21 do mesmo mês tendo como palcos principais o Theatro Pedro II, o Centro Cultural Palace e a praça XV de Novembro.


O vereador André participou nesta segunda-feira, 11/05, do lançamento pelo Fundo Social de Solidariedade, da Campanha do Agasalho 2015, que terá como tema “Aqueça seu coração com solidariedade”. Segundo a coordenadora Maria Augusta, as doações têm o objetivo de atender entidades assistenciais, Cetrem, Crentro Pop e famílias em situação de risco social. O vereador André destacou a importância de cada um verificar em seu guarda roupas o que está sobrando e que pode amenizar o sofrimento do próximo. Lembrou, ainda, a necessidade da doação de roupas masculinas já que existe grande demanda. Os interessados em contribuir com a campanha podem entrar em contato pelo telefone 3625-7194.


Iniciando a semana com participação em mais uma reunião da Comissão Coordenadora do Plano Municipal de Educação.


O vereador André Luiz, que integra a Comissão Especial de Estudos sobre os animais de grande porte soltos pelas ruas da cidade, participou na tarde desta segunda-feira, 11/05, da sessão de instalação da CEE. Na oportunidade também ficou deliberado realização das primeiras oitivas. O vereador destacou a importância de definir as competências e responsabilidades sobre o tema uma vez que o número de grandes animais soltos é grande, expondo a vida e integridade física das pessoas.


O vereador André foi agraciado com a medalha comemorativa dos 100 anos dos Bombeiros. A honraria foi entregue a militares e civis que colaboraram com o grupamento centenário. Em sua manifestação, o vereador destacou as parcerias entre a Câmara Municipal de Ribeirão Preto e o Corpo de Bombeiros, especialmente na realização das '6 Milhas Bombeiro', na campanha 'Bombeiro Sangue Bom' e na manutenção de equipamentos e serviços do grupamento. Também rendeu homenagem aos veteranos e aos soldados da ativa presentes.
História
Em São Paulo, no ano de 1874, foi feita a primeira tentativa de estabelecimento de um serviço de bombeiros agregados à Companhia de Urbanos (Guardas-civis), tendo como efetivo 10 homens, que foram adestrados para a função; foram comprados baldes de couro, machadinhas e um saco salva-vidas; o efetivo foi contratado junto à Corte. Como a lei não estabelecia qual era a prioridade dos Urbanos, se policiamento ou combate a incêndios, logo esta função foi abandonada, e os bombeiros designados para policiamento das ruas. As autoridades da época não se conscientizaram da necessidade do serviço e a cidade continuou sob o risco de uma tragédia.
A criação da instituição se deu no ano de 1880, depois de um incêndio na Faculdade de Direito, que funcionava no Convento de São Francisco hoje Faculdade de Direito do Largo São Francisco. Na época, apesar da cidade de São Paulo ser rica e estar em franco desenvolvimento, não contavam com o serviço de bombeiros; este serviço era executado pelo Corpo Policial, sendo auxiliados por civis em caso de necessidade; não havia equipamento próprio para o combate a incêndio, sendo que as duas bombas manuais usadas eram emprestadas de terceiros.
A instituição começou a se consolidar em 1882, quando o decreto nº 42, que dispunha sobre a composição e efetivos das forças policiais, estabeleceu que seriam formadas pelos: Corpo Policial Permanente, Companhia de Urbanos e Seção de Bombeiros; embora ainda fossem parte dos Urbanos, foram citados de forma independente. Outro fato deu-se em 1883 com a substituição do tenente comandante da Seção por um oficial pertencente aos Permanentes, e logo em seguida sendo substituído por Alfredo José Martins de Araújo, vindo do Corpo de Bombeiros da Corte.




segunda-feira, 4 de maio de 2015

Festa do Trabalhador 2015

Milhares de pessoas participaram da Festa do Trabalhador, que já se tornou uma tradição nas celebrações do Dia 1º de maio em Ribeirão Preto. Em sua 6ª edição o evento foi realizado em novo local, a Praça Carlos Gomes. Com atrações artísticas da cidade, com projeção nacional, entre os quais: João Marcos e Matheus, João Pedro e Cristiano, Juliano César, Beatriz e Gabriel, Roby e Thiago, Tom Baratella e Inspira Samba.

Os trabalhadores e trabalhadoras concorreram a vários prêmios, entre os quais, uma moto zero quilômetro. Além da fe
sta os representantes dos sindicatos organizadores aproveitaram a oportunidade para debater com os trabalhadores temas importantes como o PL4330/2004 - nova lei da terceirização - e as alterações na previdência social impostas pelas Medidas Provisórias 664 e 665.