Quem sou eu

Minha foto
advogado, sindicalista, locutor...

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

3º Concurso de Desenhos






A Escola Estadual Diva Tarlá promoveu o 3º Concurso de Desenhos, este ano o tema foi Meio Ambiente. Vinte e dois alunos apresentaram trabalhos e ao final foram classificados:


1º lugar Laysa Sales da 7ª. série;

2º lugar Giulia Mafot Lavratti da 8ª. Série B;

3º lugar Victor Pellegrino da 8ª. Série B.


O concurso foi organizado pelas professoras Maris Ester de Souza e Érika Cristina Carreira Silva.


A comissão julgadora contou com a participação do vereador André Luiz (PCdoB) e do vice-diretor João Francisco de Paula Lico.


Em sua manifestação André destacou a importância do tema meio ambiente sendo certo que a participação em concursos do tipo é fundamental para incentivar e as práticas corretas entre os alunos, também parabenizou o diretor Marcelo Trivelato Ferreira e toda equipe pedagógica da escola que sempre incentiva a prática de atividades culturais.


Nas fotos os participantes e os vencedores do concurso

‘Os Griôts na Trilha de Ribeirão Preto’


Nesta quinta-feira, dia 24, aconteceu no anfiteatro da Emefem Professor Alfeu Luis Gasparini, o lançamento do projeto ‘Os Griôts na Trilha de Ribeirão Preto’, aprovado pelo Programa de Incentivo Cultural, por meio da emenda parlamentar do vereador André Luiz da Silva.

O Jogo paradidático de história e geografia local com ênfase na População Negra de Ribeirão Preto foi elaborado pela educadora, professora Rosana Monteiro, pelo arquiteto e artista visual Cordeiro de Sá e ilustrado pelo artista plástico Jaime Cruz. De acordo com a pesquisadora e educadora do MIS, Sandra Abdala, o material pedagógico será distribuído nas redes de ensino municipal, estadual e particulares no ano de 2012 com capacitação aos professores, ministrada pela educadora e proponente do projeto Rosana Monteiro e Sandra Abdala.

André destacou a necessidade de ampliar a participação de professores, diretores e coordenadores para que o projeto seja efetivamente implantado na rede.

Palestra na Escola Estadual Dom Alberto José Gonçalves






Nesta quinta-feira (14/11), o vereador André Luiz da Silva (PCdoB) realizou mais uma palestra sobre o Dia da Consciência Negra, desta vez aos alunos da Escola Estadual Dom Alberto José Gonçalves, no bairro Campos Elíseos, em Ribeirão Preto.

Foram mais de 280 alunos do ensino médio divididos em dois grupos. Antecedendo a palestra dois alunos apresentaram uma nova versão do Hino à Ribeirão Preto que fez muito sucesso.

André resgatou dados históricos muitas vezes omitidos da história oficial, destacou a necessidade dos investimentos em políticas públicas, especialmente na educação.

O vereador abordou as definições e legislação sobre racismo, preconceito e discriminação, também apresentou imagens e citações de grandes líderes do movimento negro internacional como: Nelson Mandela, Desmond Tutu, Sephen Biko, Alice Walker, Maya Angelou e Malcon X.

A história de luta e resistência de Zumbi foi destacada e os alunos tiveram a oportunidade de melhor conhecer o herói nacional.

Além da palestra houve apresentação de capoeira. Durante o mês de novembro, os professores da escola já realizaram várias atividades alusivas à data, especialmente uma exposição com trabalhos dos alunos que demonstram a sensibilidade e conhecimento do tema.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Dia da Consciência Negra 2011





Em Sessão Solene, em comemoração ao Dia da Consciência Negra, a Câmara Municipal de Ribeirão Preto prestou homenagens a negros e negras da cidade. Foram homenageados:

Cecilia Helena do Carmo

Benedito Marques

Paulo Marcelo Fernandes

Luiz Rodrigues de Souza

João Carlos Matheus

Simone Aparecida Neves Gomes

Angela Maria Roberto

Odair da Silva

Marta Sueli Souza Penteado Pereira Cesário

Antonio Damásio Nascimento

Ana Lúcia Graciano Lopes da Silva

Cristina de Fátima Pacheco

Josefina Barboza

Carlos Alberto Euzébio Abadia

Suely Francisco

Adenilsa Ambrósio dos Santos

Rodolfo Rita

Discurso do vereador André Luiz da Silva (PcdoB)

Senhor Presidente, integrantes da mesa diretora, público presente, homenageados, telespectadores que acompanham a TV Câmara. Boa noite!

Meus agradecimentos aos vereadores que participam da sessão e que escolheram as personalidades negras para serem homenageadas.

Hoje é noite de festa. Noite de lembrar o herói nacional Zumbi dos Palmares. Romantismo a parte a história de Zumbi é o reflexo da história do negro brasileiro. Nascido livre, aos seis anos foi escravizado. Trocaram seu nome, sua religião, sua cultura, tiraram tudo de Zumbi, menos a esperança e o desejo de liberdade. Zumbi fugiu, transformou-se em guerreiro, posteriormente comandou o Quilombo de Palmares.

Sua morte contou com requintes de crueldade. Cortaram sua cabeça e após salgá-la, colocaram em uma estaca, em exposição, para servir de exemplo aos outros negros que acreditavam que Zumbi era imortal. Seus algozes não imaginavam que centenas de anos depois, o ideal, o espírito e os sonhos de Zumbi permaneceriam cada vez mais vivos. Sim, Zumbi está vivo em cada afrodescendente, em cada um dos homenageados de hoje.

Essa sessão tem por objetivo recordar a memória de Zumbi, destacar homens e mulheres negras da sociedade local e celebrar o Dia da Consciência Negra.

Consciência que falta a alguns negros, muitos brancos, a maioria dos brasileiros. Consciência que exige atitudes objetivas, mudanças culturais, sociais, econômicas, mudanças de paradigmas.

Precisamos enfrentar o racismo, o preconceito e a discriminação. Precisamos da implementação de políticas públicas concretas, voltadas ao resgate da dignidade desse povo sofrido e o pagamento da dívida histórica que o Brasil possui com cada um de seus filhos.

Aos que nasceram em África e foram escravizados, conduzidos em navios negreiros;

Aos que morreram e tiveram seus corpos atirados no mar;

Aos que foram seviciados no pelourinho, na senzala;

Aos homens que foram mutilados;

Às mulheres que foram violentadas;

Aos filhos que foram separados de seus pais;

A todos os que morreram trabalhando nas minas, nas fazendas;

Aos que morreram lutando pela liberdade;

E a todos os que resistiram e ajudaram a construir a grandeza de nosso país, a nossa homenagem e a nossa convocação para continuar na luta pela tão sonhada igualdade.

Termino citando um grande negro Abdias Nascimento que foi senador da República e um dos grandes líderes do movimento negro:

“Enquanto não houver igualdade, sobretudo nos meios de comunicação e na educação, e enquanto a voz das instituições que apresentam uma outra versão da filosofia que nos foi imposta não tiverem eco, o Brasil não tem o direito de declarar-se uma nação democrática! De maneira nenhuma!”


Palestra em Barrinha




Nesta sexta-feira (18/11) o vereador André Luiz (PcdoB) ministrou palestra na Escola Estadual Prof. Jose Luiz de Siqueira , na Cidade de Barrinha.SP. Na oportunidade André falou para um público de cerca de 500 alunos e professores sobre o tema Consciência Negra.

André apresentou dados históricos desde o início do tráfico de escravos no Brasil até a atualidade, destacando a importância da comemoração do Dia 20 de Novembro e a implantação de políticas públicas para afrodescendentes.

Apresentou a história de Zumbí dos Palmares e de grandes líderes do movimento negro mundial.

Também esclareceu sobre os conceitos de racismo, preconceito e discriminação.

Nas fotos André durante a palestra e ao lado dos professores.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

João Augusto lança “Sem a Sombra de um Guarda-Chuva”



Nesta sexta-feira (11/11), às 19h30, nos Estúdios Kaiser de Cinema, em Ribeirão Preto, o escritor e poeta João Augusto lançou o livro “Sem a Sombra de um Guarda-Chuva” . A obra que apresenta 56 poemas é a segunda publicação do autor. Em 2009, Augusto publicou outra coletânea de poemas intitulada “Que Diabo de Poeta És Tu?”.

Nascido em Bebedouro, Augusto tem influências de grandes autores como Oswald de Andrade, Drummond e Fernando Pessoa. Além desses, autores mais novos, como Fabrício Corsaletti e Ana Martins Marques.

O vereador André esteve prestigiando o lançamento.

Meninos de Treze Anos




A autora local Imaculada Conceição dos Santos Silva lançou sua terceira obra. Um bom público compareceu ao salão nobre do Centro Cultural Palace para prestigiar o lançamento da obra Meninos de Treze Anos que relata fatos cotidianos da vida dos adolescentes.

Além da ótima música popular brasileira, o evento contou com vários escritores locais entre eles a presidente da União dos Escritores Independentes, Leda Pereira e a Presidente da Casa do Poeta, Maris Ester.

O vereador André Luiz da Silva (PCdoB) que é presidente da Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia da Câmara Municipal fez a saudação em nome dos presentes, destacando que Imaculada é exemplo para todos os escritores.

Colhido pela emoção do momento e falando de improviso, André registrou:

“Imaculada Conceição. Nome de santa, de padroeira, de brasileira.

Mulher, guerreira, que faz da caneta sua arma,

do papel seu escudo e da poesia sua bandeira”.