Quem sou eu

Minha foto
advogado, sindicalista, locutor...

quinta-feira, 1 de março de 2012

Festa do Trabalhador 2012


Nesta quarta feira (29/02), representantes do Conselho Sindical, integrantes da Comissão Organizadora do 1º de Maio, estiveram na Câmara Municipal visitando o presidente Cicero Gomes da Silva e apresentaram o projeto para 2012. O coordenador Geral do evento, Clodoaldo do Carmo Campos entregou um guia e programação do evento.
O presidente parabenizou as lideranças sindicais pela iniciativa e sugeriu a constituição de uma comissão especial, presidida pelo vereador André (que é autor da lei que institui a Festa do Trabalhador em Ribeirão Preto).
As lideranças sindicais saíram motivadas e prometem uma festa inesquecível. A celebração do 1º. De maio em Ribeirão Preto já é considerada uma das maiores do interior brasileiro. A união das centrais sindicais, entre elas: CGTB - Central Geral dos Trabalhadores do Brasil; CTB – Central dos Trabalhadores do Brasil; UGT – União Geral dos Trabalhadores; e NCST – Nova Central Sindical de Trabalhadores foi fundamental para o sucesso e consolidação do evento.

André participa de entrega da pauta de reivindicações 2012 do funcionalismo municipal



O vereador André participou, nesta quarta-feira (29/02) da entrega da pauta de reivindicações 2012 do funcionalismo municipal. A prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera, informou que nas rodadas de negociação o governo será representado pelos secretários Marco Antonio Santos (Administração), Layr Luchesi Junior (Casa Civil), Francisco Sérgio Nalini (Fazenda) e Vera Zanetti, dos Negócios Jurídicos.
Entre as ações em favor da categoria, a prefeita lembrou que, acompanhada pelo sindicato, por meio do vereador André Luiz da Silva, e de sua assessoria jurídica mobilizou o Tribunal de Contas e conseguiu reverter a demissão de 1.200 funcionários exigida pelo TC.
Em sua manifestação André destacou que a pauta demonstra a maturidade da categoria que, além dos pleitos salariais requer melhores equipamentos, ferramentas e condições de trabalho para oferecer uma melhor prestação de serviço à população.
A pauta apresentada contém itens econômicos e sociais, o primeiro item é a Reposição das perdas salariais do exercício de 2011, no percentual de 6,50%, observando-se o índice IPCA, mais o aumento da arrecadação orçamentária sobre as receitas líquidas, no percentual de 5,02.%, totalizando o percentual de 11,52%, a ser aplicado aos vencimentos mensais integrais a partir de 1° de Março de 2012.