Quem sou eu

Minha foto
advogado, sindicalista, locutor...

sexta-feira, 2 de março de 2012

Ribeirão Preto precisa enfrentar o Assédio Moral no Serviço Público


O vereador André Luiz (PCdoB) apresentou requerimento cobrando do executivo o envio de projeto de lei proibindo o assédio moral no serviço público municipal. André é autor de projeto idêntico, no entanto, para evitar qualquer questionamento quanto à constitucionalidade, propôs que a iniciativa seja do executivo. O parlamentar destaca que um dos maiores problemas que atingem a classe trabalhadora, tanto na iniciativa privada quanto no funcionalismo público é a "tirania nas relações de trabalho", como é chamada nos Estados Unidos e no Brasil o denominado "assédio moral".
Segundo vários estudos, o problema começa, normalmente com críticas constantes do agressor ao trabalho de um funcionário, que é impedido de trabalhar ou, ao contrário, vê-se sobrecarregado de tarefas. Ao impedir a vítima de trabalhar adequadamente, o agressor pode mais facilmente criticá-la. Em seguida, ele rompe as alianças que ele poderia ter e o isola, não lhe dirige mais a palavra, não o convida mais para as reuniões e, por fim, se ele tenta se defender, o humilha, critica sua vida privada e faz pouco caso de suas opiniões. A essa altura, a saúde dessa pessoa já está fortemente alterada. Isso acontece, inclusive em repartições municipais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário