Quem sou eu

Minha foto
advogado, sindicalista, locutor...

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Tropa de Elite



Segunda-feira, véspera de feriado. Lá vou eu ao cinema, para assistir Tropa de Elite 2. Animado, chego 40 minutos antes, não adiantou. De cara uma fila para estacionar o veículo e outra gigantesca para adquirir o ingresso. Perdi a sessão das 15h30m, pois cheguei ao guichê às 15h45. Em certo momento imaginei o capitão Nascimento passando pela filha, encarando os mais impacientes e gritando:
- 456, pede prá sair!
- 457, pede prá sair!
Antes da sessão degustei umas guloseimas no Amor aos Pedaços. Eta amor caro, sô!
Falando sobre o filme, para os que procuravam a tradicional ação e a matança indiscriminada de pobres moradores do moro, uma surpresa. Após abordar uma rebelião imaginária em Bangu 1, Nascimento encara outro tipo de bandido: o político. E apresenta o submundo da política carioca, terminando no Congresso Nacional. É o chamado sistema, cada vez mais corrupto. Nossos personagens são incorporados à trama e um dos mais queridos do público é eliminado.
Recorde de público em semana de lançamento o filme comprova o momento feliz que atravessa o cinema nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário